quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Coxinha

Sabe aquela receita do risóle?????
Então, para fazer coxinha é a mesma coisa, a única diferença é usar leite e o caldo de galinha.
Eu uso o caldo que foi cozido o peito, mas se não quiser pode substituir por caldo em tablete dissolvido na água.
Gosto também de abrir a massa da mesma forma, com o rolo e cortador, assim as coxinhas ficam do mesmo tamanho.
Para fechar, coloque uma generosa porção de recheio no centro da massa, modele a coxinha tomando o cuidado de apertá-la bem, tirando o excesso, para não ficar muita massa na ponta.
Olha só que belezinha!!!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Além do churrasco....... Banana assada e um mexidinho

Banana assada
Sábado teve churrasco em casa, bem modesto já que a gente está na correria de obra. Na sexta deixei tudo adiantado pro maridão, pois ele é quem comanda a churrasqueira, aí eu teria o dia de folga, não ficaria no fogão. Peguei a sobrinha e fomos pra 25 de março comprar minhas cortinas. Como sou muito decidida, foi rapidinho escolher tudo e 11:30h já estava em casa. Adivinhem???? Como cheguei cedo fui direto pro fogão. O churrasco saiu e deu aquela vontadinha de comer um doce. Não tinha, então assei bananas na churrasqueira. Ficou bom demais. Era banana prata. Ficou mais firme do que a nanica que amolece muito rápido. Fiz assim, coloquei as bananas na churrasqueira, esperei que as cascas ficassem escuras. Tirei a casca, polvilhei açúcar e canela e completei com chantilli. Adorei.
Veja aí como ficou bonita:

Mexidinho

O mexidinho foi o Tico (meu sobrinho que preparou). Ficou uma delícia. A carne do churras já estava cortadinha, aí ele pegou tomate maduro, cebola e pimentão. Cortou tudo bem pedaçudo, colocou numa assadeira, acrescentou azeite e um pouquinho de sal. Deixou na grade da churrasqueira até começar a murchar. Nossa, o sabor do pimentão com a carne combinou demais. Aí ele pegou o pãozinho, que já estava aquecido também na churrasqueira e fez um lanchinho. Ai, ai, comi. Que pecado. Dieta lá vou eu!!!!
 

Simplesmente "feijão"

Tempo de preparo: 01:20 m
Grau de dificuldade: médio

Esta receitinha é em homenagem aos solteiros de plantão, em especial ao Jo, meu amigo do trabalho que está se aventurando na cozinha. Boa sorte e depois me conta como ficou o seu feijão.

Feijão

Ingredientes:


500g de feijão (ou seja, metade do pacote)
Água
03 colheres de sopa de óleo
01 cubo de caldo de bacon ou 01 sachê próprio para feijão (isso é opcional)
01 colher (sobremesa) de alho (pode ser daquele comprado pronto, já picadinho)
01 colher (sobremesa) de sal

Preparo:

Coloque o feijão na pia ou na mesa, escolha retirando os grãos que não estejam com uma aparência boa, verifique se não tem nenhuma pedrinha (isso é essencial para que você não quebre nenhum dente). Coloque o feijão escolhido numa tigela e lave bem, umas três vezes, mas sem esfregá-los, pois a pele pode sair. Se tiver tempo, deixe o feijão nessa água por aproximadamente 30 min. Mas se estiver com pressa por ir direto pra panela.
Em uma panela de pressão coloque o feijão lavado e cubra com água até uns 5 dedos acima do feijão, tampe a panela e cozinhe por 45 minutos em fogo alto. Após este tempo desligue o fogo, espere um pouco e verifique se saiu a pressão. Pode levar a panela até a pia e jogar um pouco de água em cima (mas isso não é recomendado, pois estraga a borracha da tampa). Verifique se estão cozidos e se for preciso volte a panela ao fogo e cozinhe por mais alguns minutos. Se estiverem cozidos, faça o refogado assim:
Refogado:  Em outra panela coloque o óleo e o alho, frite e coloque o feijão cozido. Deixe ferver um pouco para criar um caldo grosso.

Pronto, é só comer.

Dicas: Junto com o alho coloque alguns pedacinhos de bacon ou até mesmo calabresa. Fica uma delícia. Se gostar, coloque também 2 folhas de louro. O ideal é comprar o feijão tipo 1. São mais selecionados.


Refogando.....

No meu prato.....

Torta de maçã (muito doce)

Gente, eu fiz aquela torta de maçã que a Ana Maria fez na semana passada.
Vou colocar o link do programa porque não pretendo fazer novamente, pro meu gosto é doce de maaaaaaaaaaaaaaaais.
A Juju e o Cesinha (meus sobrinhos) adoraram, mas eu só provei e com bastante chantilli, pra dar uma quebrada no doce.


Torta de maçã diferente
 

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Torta de frango (com Cream Cheese e Milho)

Tempo de preparo: 01:30 m
Grau de dificuldade: médio

Pessoas do meu Brasil, ganhei uma receita de massa para torta, da minha amiga querida Tania Ra.
A massa é muito fácil de fazer, desmancha na boca, um verdadeiro pecado.
Eu queria uma torta de palmito, mas o marido não come o dito palmito. O recheio é a gosto, mas vou postar o que fiz para esta torta. Abaixo em "Dicas" explico as alterações que fiz na receita.
Torta de frango (com Cream Cheese e Milho)

Ingredientes:
03 xícaras (chá) de farinha de trigo
01 caixinha de creme de leite
01 pitada de sal
08 colheres (sopa) de manteiga
02 colheres (sopa) de fermento em pó

01 ovo batido para pincelar

Preparo:
Numa tigela coloque a farinha, faça uma covinha no centro e coloque os outros ingredientes. Com a ponta dos dedos vá trabalhando a massa, até que fique uma massa homogênea. Misture apenas até incorporar, não é para sová-la.

Recheio:
01 peito de frango desfiado (grande)
01 cebola picada
alho e sal a gosto
1/2 lata de molho de tomate
01 lata de milho (sem soro)

Creme:
01 pote de cream cheese
1/2 lata de creme de leite (sem soro)
01 pacote de queijo ralado (reserve um pouquinho para salpicar a torta)

Montagem:
Abra a massa, com as mãos ou com o rolo. Forre o fundo e as laterais de uma assadeira, usei a de fundo removível. Deixe um pouco de massa para cobrir, pode reservar 1/3 da massa que dá para cobrir.
Coloque metade do recheio e por cima metade do creme. Coloque a outra camada de recheio e creme. Cubra a torta com o restante da massa como preferir, em tirinhas ou abrindo a massa e cobrindo toda a torta. Pincele com ovo batido, salpique queijo ralado e leve para assar em forno médio até dourar.
Dicas: Experimente fazer com palmito e se fizer me dá um pedacinho tá?
A massa é ideal para fazer empada, pois fica quebradiça, derretendo na boca.
Fiz alguma alterações na receita original, pois queria fazer ontem mesmo e fiz com o que tinha em casa. Não tinha toda a farinha, então completei meia xícara com amido de milho. Também não tinha creme de leite em caixinha, então tirei um pouco do soro e usei metade da lata, a outra metade usei no recheio. Também não tinha manteiga, então usei margarina em tablete. Queria ter colocado requeijão, mas adivinha, também não tinha, aí lembrei do cream cheese. Bem, acho que passou da hora de enfrentar o supermercado, rsrsrsrsrs

Ah! Tinha esquecido, sobrou um pouquinho de massa, aí abri bem fininha, pincelei o ovo batido, salpiquei queijo ralado e cortei como biscoitinhos. Enquanto a torta ainda estava no forno eu e o marido ficávamos beliscando os biscoitinhos.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Torta de maçã

Hummmm, vi no site da Ana Maria Braga, o Mais Você uma receita de torta de maçã que parece ser muito boa.
Só quatro ingredientes e o melhor é que não vai ao forno, só na geladeira.
Vou testar e depois fofocarei aqui. Claro que vou mudar um pouquinho a receita, mas só um pouquinho.
Aguardem.
Beijokas

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Novamente ele, o BRIGADEIRÃO

Esqueci de comentar que no final de semana também teve brigadeirão, um dos doces preferidos do meu sobrinho mais velho.
Desta vez deixei menos tempo no microondas, só 9 minutos. Fez muita diferença.
Clique aqui para Receita do brigadeirão

Só consegui tirar foto deste pedacinho.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Você conhece açafrão??????


Andei pesquisando e pelo que está na net o açafrão é o condimento mais caro do mundo. Sim, porque o açafrão original é extraído de uns pestílos de flores com tons que variam de lilás para o roxo. São necessárias milhares de flores para conseguir um punhado de pó, que é feito artesanalmente. É por este motivo que custa tão caro. Mas não precisamos ficar decepcionados, existem outras variações. Aqui no Brasil nós utilizamos mais o açafrão-da-terra, o mesmo utilizado láááááááá na India.
Neste final de semana ganhei algumas raízes de presente e logo foi pra panela. Fizemos o arroz com carne seca e açafrão. Olhem que delícia!!!!

Vou pedir uma foto da planta do açafrão-da-terra. Depois posto aqui.

Risóles

Tempo de preparo: 01:30 m
Grau de dificuldade: médio
No sábado inventei de fazer risóles, mas como sou o exagero em pessoa acabei me empolgando e fazendo três receitas.
Fiz de carne moída e de presunto e queijo.
Abaixo vou colocar algumas dicas para quem nunca se aventurou a fazer salgadinhos.

Risóles

Ingredientes:
01 xícara (chá) de leite
01 xícara (chá) de água
01 colher (sopa) de margarina
02 xícaras (chá) de farinha de trigo

Preparo:
Numa panela coloque tudo, menos a farinha. Deixe esquentar até começar a levantar fervura. Neste momento, coloque de uma só vez a farinha de trigo e com uma colher de pau mexa muito bem, apertando a massa para que cozinhe um pouco. Se tiver dificuldade, pode deixar no fogo baixo até conseguir agregar toda a farinha. Não se preocupe com a aparência, pois a massa só ficará lisinha depois de sovada. Coloque a massa sobre a pia e espere esfriar um pouco, vai criar uma casquinha na massa, mas sairá depois de sovar. Quando conseguir trabalhar com a massa (sem queimar as mãos) vá apertando sobre a pia que a massa em contato com a pedra irá esfriar. Sove a massa até ficar bem lisinha. Quando a massa está quente pode grudar um pouquinho na pedra, mas depois de fria está no ponto para abrir com o rolo.
Pegue porções da massa, abra com o rolo, tendo o cuidado de virar a massa a cada passada de rolo, para não grudar na pedra. O ideal é fazer movimentos leve, assim não grudará. Coloque o recheio escolhido e feche. Depois, passe no leite e em seguida na farinha de rosca. Frite em óleo quente e saborei.

Dicas:
1 - Se tiver caldo de carne ou de galinha ou até mesmo aqueles tabletinhos prontos, pode substituir no lugar do leite. Quando usar o tablete, dissolva na mesma quantidade, ou seja, 01 xícara (chá).
2 - Deixe a farinha reservada, assim fica mais fácil colocá-la de uma vez na panela.
3 - Não deixe a massa muito fina, o ideal seria meio centrímetro. Massa muito fina pode estourar quando estiver fritando, aí seu óleo ficará uma gororoba.
4 - Quando fizer mais de um recheio, mude a forma de fechar, assim poderá identificá-los sem ter que morder todos (hihihihihihi).
5 - O recheio de carne moída é meu preferido. Frite primeiro a carne somente com o óleo, até secar toda a água que a carne solta. Só coloque cebola e alho depois que a carne estivber bem fritinha. Por último coloque o sal, salsinha e os temperos a gosto. Os temperos soltam água, que atrapalha a fritura da carne móida.
6 - Gosto de passar no leite e não no ovo batido porque o salgadinho fica mais crocante.
7 - Não é necessário comprar o cortador, até um copo serve para cortar a massa.

Massa na panela, fica grudento mesmo.

Para que servem as irmãs??????

As de vocês não sei, mas as minhas são as mais amadas deste mundo.
Ontem recebi uma ligação, logo pela manhã, era a irmã do meio, dizendo que tinha conseguido desvendar o mistério da batata chips. Dei muita risada, pois ela dizia assim: Consegui, consegui, ......
E não é que deu certo mesmo, tem até foto, mas vou postar só depois, pois a foto está na máquina dela. Continuo dizendo que não tenho paciência para receitas trabalhosas.

Já a irmã mais velha me deu uma mãozinha ontem, o almoço ficou por conta dela, eu estava e ainda estou muito cansada. Pra falar a verdade, ela deu as duas mãos e não só uma mãozinha.
No final da tarde, minha casa já estava arrumadinha, fizemos um mutirãozinho de três, eu a irmã do meio e a Juju e limpamos a bagunça mais visível.
NÃO AGUENTO MAIS FICAR NO MEIO DE OBRAAAAAAAS!!!!

Mas deixando a choradeira de lado, seguem as fotos das comidinhas do final de semana:

Risóles de carne e de presunto e queijo



Arroz com carne seca e açafrão

Polenta

Meu pratinho

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Sem sucesso

Bom gente, já chega!!!!
Tentei fazer mais uma vez a tal da batata chips no microondas ontem. Virou a mesma gororoba.
Desisto.
Como sempre digo, gosto de receitas fáceis e essa sem dúvida vai sumir da minha lista.
To brava!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Testando receitas

Ontem encontrei num blog uma receita que era o aconteceimento do ano. Isso se tivesse dado certo.
Tentei fazer batata chips no microondas. Consegui cortar as batatas tão finas quanto as compradas (eu não né, meu marido e assistente). Fiz conforme o indicado na receita, quando abri o forno os olhos até brilharam, estavam lindas, só que agarradas ao prato, não soltaram de jeito nenhum, tive que colocar água e deixar de molho pra conseguir lavar o prato. Pra falar a verdade, apenas uma soltou e comi é lógico, adorei e estou com uma missão agora. Descobrir o mistério da batata.
Já pesquisei outras receitas e acho que a próxima vai dar certo.
Torçam aí porque se der certo, adeus fritura.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Outra visita

Além dos tucanos, jacus, beija-flores e outros tantos passarinhos que aparecem lá em casa, também deu seu ar da graça um pássaro muuuuuuuito lindo, só que mais arisco, ele se acha, tá pensando que é celebridade, me deu um trabalhão pra fotografar.
Outro bichinho difícil é o pica-pau, deste só conseguimos tirar foto do topete por enquanto.

Pelo que pesquisei na net e num livro sobre pássaros da fauna brasileira.
Este é o pavão-do-mato.

Tive que me esconder dele, ele é tão danado que se esconde também, olha aí:

Aqui ta condidoAqui tá gachadoAqui tá distraído

Bem casados - Bem prático

Gente, ontem eu experimentei uma delicinha!
Minha amiga Rosana me convidou para um chá da tarde, mas infelizmente não pude ir.
Ela teve o capricho de fazer bem-casados! Eu adoro esse quitute! E olha que fofo, ela trouxe alguns pra mim.
Além de lindos, ficaram ótimos. Igualzinho o que a gente come nos casórios por aí. Ou melhor, ficou muito mais gostoso.
Ro, valeu pela dica.

A dica é o seguinte: Ela comprou o preparado do bem-casado já pronto, sim, vende no mercado. O dela foi da marca Sol. Aí foi só seguir o modo de preparo. O doce de leite ela usou outro também, porque o que vem na caixinha disse ela que ficou a desejar. Então pessoas, quem ficar com vontade já pra cozinha. E quem fizer me dê unzinho.
Ah! Detalhe, o formato de coração foi feito com meu cortador de biscoito. Não é um capricho?????

sábado, 12 de setembro de 2009

Visitas ilustres

Hoje recebemos três visitas lindas, além das visitas humanas.
Olhem só que fofura.

Aqui em casa aparecem vários bichinhos. Hoje vieram me visitar um Tucano muito danado e um casal de Jacu.

Casal de Jacu
Vê se dá pra ver o tucano, ele tá lááááááááá em cima, perto da antena.
Agora no zoom



Sabadão

Hoje fez outro dia lindo!!!!! Não fiz muitas comidinhas, bem que eu queria, mas não tive tempo. A obra aqui em casa ta parecendo faraônica, não acaba nunca.

Esses pãezinhos são brioches. Fiz só meia receita pra testar. Deu certo, mas o queijo vazou. Vou fazer novamente, aí depois posto direitinho.
Arroz com carne seca. Ficou muito bom. Só refogar a carne seca desfiada e depois fazer o arroz normalmente.
Consegui fazer os mini-muffins. Fiquei feliz porque ficaram lindos! Coloquei nas forminhas de empadas com papel daqueles tipo forminhas de brigadeiro.
Sempre achei que precisaria usar forminhas impermeáveis. Mas como não achava, usei essas mesmo e olha gente deu certo. Façam, é muito bom.
Fiquei frustrada com o bolinho de mandioca, tive um trabalhão pra fazer, pra desfiar carne seca, amassar a mandioca e o danado do bolinho ficou "mais ou menos". O sabor ficou bom, mas nem vou colocar a receita. Fritei alguns e abriram, aí, pensei em assar e foi o que deu jeito
Bolinho de mandioca com carne seca

Preciso confessar uma coisa. Dá até vergonha, mas acho que o bolinho não deu certo por culpa da minha cabeça oca. Quando estava desfiando a carne seca, não sei de onde tirei a idéia que a carne era de bode. Pode? Aí tive que guardar tudo na geladeira e só depois consegui pegar na carne de novo. Eu não parava de pensar no bode. Tadinho do bichinho. Hoje eu até comi o bolinho, acho que o trauma passou.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Feriado da Independência

Acreditem, não fiquei na cozinha, só fiz "de novo" o bolo de cenoura e uma abobrinha super saudável.

O bolo já tem receita no blog e a abobrinha só com uma explicação rápida dá pra fazer.
Esta é a abobrinha que meu pai ganhou. Lá no interior ainda tem escambo, foi muito engraçado trocar um punhado de salsinha por uma abobrinha. Meu pensamento foi longe, lá atrás na época que a moeda era rara. Quando a menina falou que queria um pouco de salsinha fiquei pensando se ela estaria dando a abobrinha em troca de salsinha. Mas, a abobrinha era pro meu pai e ele não estava em casa. Então peguei um punhado de salsinha e entreguei para a menina. Peguei então a abobrinha e entreguei pro meu pai assim que ele chegou. Ele deu risada e disso que foi presente. Fiquei aliviada! Já estava pensando que salsinha estivesse em extinção!!!!!!

Abobrinha no grill
Lave e corte a abobrinha em fatias finas, sem tirar a casa.
Tempere a gosto. Eu coloquei sal e tempero baiano.
Pegue três pratos e coloque em cada um:
01 ovo - bata o ovo com um pouquinho de sal.
farinha de trigo
farinha de rosca

Passe as fatias primeiro na farinha de trigo para selar. Depois no ovo batido e por último na farinha de rosca.
Acomode as fatias no grill e pronto.
Obs.: Por manter a casca e não ter fritura as fatias ficam crocantes e mantém o sabor.

Aproveitamos o feriado para visitar meus queridos, incluindo meu avô lindo que daqui alguns anos completará 100 anos. Apesar de estar debilitado devido a uma queda e também pela idade, o veínhu consegue fazer a gente dar muita risada.
Vejam só a comédia que ele é.

Dá uma piscadinha e uma risadinha!!!!!
video

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Bolo fofo de fubá

Outra receita de bolo de fubá. Este ficou bem fofinho, talvez porque eu tenha batido as claras em neve. Adoro bolo de fubá com goiabada, mas não tinha em casa, então coloquei erva-doce.
Gente, é sério, bolo de fubá é danado pra quebrar, então esperem esfriar. Como sempre tenho pressa, meus bolos de fubá nunca saem lindos da forma, rsrsrsrsr
Bolo fofo de fubá

Ingredientes:
04 ovos (claras batidas em neve)
03 colheres de sopa de margarina
01 xícara de chá de leite
02 xícaras (chá) de açúcar
02 xícaras (chá) de farinha de trigo
01 xícara (chá) de fubá
01 colheres (sopa) rasa de fermento
01 colher (sopa) cheia de erva-doce

Preparo:
Bata as claras em neve, coloque o açúcar e continue batendo. Com a batedeira ligada, acrescente as gemas, bata bastante para virar um creme, coloque o leite, a farinha de trigo e o fubá, bata até agregar tudo. Por último coloque o fermento e a erva-doce, tome o cuidado de misturar bem.
Coloque na assadeira untada e enfarinhada e asse por aproximadamente meia hora em forno pré-aquecido.

Obs.: Se quiser colocar goiabada, corte pedaços pequenos, passe na farinha de trigo e coloque por último, por cima do bolo, pois quando assar ele vai descer um pouco.